RESSACA MORAL

Todos as pesquisas mostravam até 37% de eleitores da extrema direita, o que já era muito e um absurdo. Abertas as urnas descobrimos apoiadores do fascismo, silenciosos, que elevaram a 43,2 % os votos realizados ao candidato-presidente autoritário. Inacreditavelmente temos votantes que representam quase a metade da população do país. Isso mesmo, metade da nossa população aceita o fascismo como regime vigente em substituição à democracia, quase que em plebiscito eleitoral. Claro que num segundo turno ainda esperamos a vitória da democracia, mas já é surpreendente essa revelação no primeiro turno.

Se a isso somássemos um parlamento, que elegeu Romário, Damares, Mourão, Teresa Cristina, Marcos Pontes, Magno Malta, Ricardo Sales, Sergio Moro, Daltan Dallagnol, Mario Frias, Pazuello, entre outros que representam a fina flor do governo desastroso e uma “independência” do centrão, que se aluga a quem pagar mais caro –  tendo apenas uma minoria à esquerda – o cenário é inóspito, mesmo para um articulador como Lula, se ganhar no segundo turno.

Queremos discutir aqui que povo somos revelados após quatro anos de mandato fascista. Não é mais uma promessa, mas a vitória da própria experimentação da extrema-direita. Não importa que tenhamos 11% dos mortos da Covid, mesmo sendo apenas 3% da população mundial; ninguém se importa com a extinção dos povos originários, a queima da floresta, a bala, o boi e o garimpo invadindo as reservas indígenas; trabalhador não deve ter nenhuma proteção do estado; os desempregados são por incompetência; o estado não deve dar aposentadoria a ninguém.

A metade de nós pensa assim. E não é possível que a outra metade não seja contaminada pelo comportamento dessa metade. Somos o corpo pensante desse país real.

“Viado” tem que ser sacaneado por existir, melhor buscar uma cura gay. Quanto mais esse monte de letrinhas LBGTQIA+. Passa um apagador no quadro. Menino veste azul e menina veste rosa. Nada de educação sexual nas escolas. A escola será militarizada. Apesar de carregarmos o sangue da miscigenação, somos racistas e negro deve saber seu lugar. Bandido bom é bandido morto. Abaixo a maioridade penal e mais repressão preventiva para quem se tornará bandido. Vamos aquietar a periferia para que ela saiba o seu lugar e não invada a vida de homens de bem. Vamos acabar com as cotas, afinal filho do meu empregado não disputará vaga de doutor e será empregado do meu filho quando crescer. Mulheres devem ser submetidas ao homem, afinal será restaurado o patriarcado. Família é homem e mulher e crianças, menino e menina, pai e mãe. Ponto. Somos religiosos cristãos e não existirá religiões que não sejam cristãs. A família é a célula, a Pátria acima de todos – reavivando o bordão nazista. Deus acima de tudo governará conosco.

Descobrimos estarrecidos que metade de nós pensa assim. Governo é para sustentar empresários produtivos, não pra sustentar vagabundos. Que cada um procure no empreendedorismo a solução individual dos seus problemas. Os sobrantes são os incapazes e perdedores sem cura. O mundo é assim.

Nos descobrimos sem a menor solidariedade e individualistas aguerridos pisando no pescoço do concorrente. Descobrimos que ainda somos escravocratas e negro é para o trabalho braçal na chibata. Negras para limpar o banheiro da patroa e entrar pelo o elevador de serviço. Logo destruiremos o restante dessa Constituição Cidadã. Teremos planos de saúde do tamanho dos que podem pagar: alta especialidade, aos normais do rol da ANS e os basais. Abaixo o SUS e voltemos aos indigentes sem direitos. Educação para quem pode pagar. Doutor é para a reprodução dos que já temos, nunca o acesso da periferia. Sem estudo o escravizado não questiona a servidão. Segurança para o homem de bem, e incentivamos tocar o terror para a periferia. Voltemos ao colonialismo. Comida para exportação, fome para a nação.

Todo pobre nordestino, boia-fria em São Paulo acha que pode chegar à presidência. Onde já se viu?  Lula é a memória de que os que não merecem podem tomar um lugar destinado aos homens de bem. Só isso explica suportamos o latrocínio do fascismo, mas não os desvios do furto no governo petista. Lula ladrão. Mito é apenas a ampliação dos nossos sentimentos enquanto nação que conquistou o poder. Não é um de fora, mas um dos nossos.

Confesso que estou numa ressaca moral me descobrindo entre “homens de bem” para quem o fascismo garante a sua liberdade, desde que obstruam a minha, inclusive permitindo que eles usem armas que, para além do constrangimento, ameacem minha integridade física. Hoje a angústia é minha, eu que trabalhei toda a vida para minorar a angústia dos despossuídos da razão, me sinto como um deles e sou eu quem precisa de ajuda para não permitir que eles sucumbam. Não tenho mais força.

Não sou um analista político, dos que sabem explicar os acontecimentos, mas receio que eles também não sabiam que estão atolados no fascismo e isso faz uma grande diferença de suas análises. Entretanto vão querer nos convencer que isso que eu estou alardeando não existe, são apenas pessoas sem orientação política a maioria deles.

Discordo. O fascismo foi competente em arrastar essa metade para suas fileiras e eles estão atuando politicamente, como nunca antes estiveram, porque as esquerdas largaram de mão o trabalho de base na agregação de filiados. E também porque a educação pública não formou cidadão. E também porque uma das mais cruéis concentrações de renda despolitiza quem luta para sobreviver. O fascismo soube, na manipulação das redes sociais, agregar adeptos, apenas satisfazendo seus desejos mais sórdidos.

Ainda espero que a metade democrática possa vencer no segundo turno. Mas se já é desesperador descobrir a situação de hoje, nem quero imaginar o lado que aceita o fascismo ganhar…

_________________

desenho: 1000TON

3 comentários em “RESSACA MORAL

    1. Foi um domingo bem diferente do que achávamos que ia ser! Você tem razão, o que exigir de um país onde a grande maioria das crianças não tem uma boa escola e onde depois que a classe média descobriu o SUS ela já logo começou a querer «  dar um jeito » pra melhorá-lo?
      Mas não adianta , caro amigo , é por este país e neste país que a gente vai seguir brigando e lutando!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s