O FUTURO NO METAVERSO

Quando o espaço além do verso e da prosa estiver cheio de avatares em discursões e interações (eu, hem?) já não devo mais estar por aqui. Confesso que sou um velho sem muita dificuldade de interagir com as novidades tecnológicas. Para quem começou desenhando letras num caderno de caligrafia (alguém lembra?); encantou-se com o escrivinhar numa máquina mecânica de datilografia com espaços, tabulações e contagem de letras para “justificar” um texto; quase foi ao orgasmo com uma Lettera elétrica com fita corretora, com toque repetitivo da tecla indevida; quebrou cabeça com os esquemas delirantes das teclas de um DOS com tela preta; encontrou uma facilidade sem precedentes nas janelas para o mundo do sistema Windows; o tal do metaverso chegaria sem as dificuldades da maioria dos colegas de geração. Mas não viverei para participar e confesso que não tenho desejo de vivenciá-lo.

Tô cansado. A tal da pandemia popularizou umas conversas mortas chamadas impropriamente de “lives”, que me encheram o saco. De assistir e de participar. Já até participei de um “congresso” em que mais de algumas centenas de participantes virtuais assistiam palestras e interagiam por um “chat” com perguntas e observações. Não posso negar que as “lives” funcionam e substituíram o presencial sem as despesas de viagens e hospedagens para reuniões científicas e de negócios. O problema é exatamente não ter a viagem, o encontro presencial, o abraçar companheiros queridos, separar os encontros particulares dos encontros coletivos. Pra quem já viveu de outra forma, essa tal de “live” é sem gosto do encontro. Um ver sem ver que atrofia as emoções.

E agora anunciam o metaverso. Parece que teremos avatares em espaços virtuais de encontros e interações onde os bonequinhos (o tal avatar) que nos representam ganham movimentos dentro do computador, ou, já, já, num espaço tridimensional saindo da tela do computador ou da smarttv para o meio da sala. Aí, me parece, já é um pouco demais. Ficaremos sentados, atrofiados, transmitindo emoções (será possível?) aos nossos representantes que falarão por nós, defenderão nosso ponto de vista numa interação com um outro distante. Cada qual manejando sua marionete, podendo discutir e até (porque não) partir para uma discussão mais acalorada que pode terminar em porrada. Ou num chope no bar. Dos avatares, é claro. Apenas apreciaremos o que faríamos. Não é um pouco demais pra vocês?

Fico imaginando a geração mais nova que não tem uma história que possa fazer a crítica dessas novas tecnologias. Imaginemos esses meninos que não desgrudam das redes sociais já hoje em dia, que passam muito mais tempo no espaço virtual que numa realidade socializada. Esses meninos que mesmo nos lugares de bate-papo, como em restaurantes e praças, não largam seus celulares falando no espaço virtual mesmo para quem está na sua frente! Uma batalha de avatares certamente os tirarão completamente da realidade.

Para quem já não aguenta uma “live”, o avatar do metaverso que vá a puta que pariu o Zuckerberg.

___________________

Desenho: 1000TON

4 comentários em “O FUTURO NO METAVERSO

  1. Texto fodástico! Eu gosto e da cversa “presencial”; senti a emoção , o contagio da conversa boa com aqueles q eu gosto e admiro, meu caro Edmar!!!

    Curtir

  2. Caro Edmar, também eu ando cheia deste mundo governado pelos números onde o que reina é o ódio ao outro ! Também não almejo estar presente neste bordel !!!

    Curtir

  3. Fico apavorada com a ideia do metaverso. Escrevi um conto, CASCAS, tratando disso. É de ter pesadelos mesmo. Embora lá no fundo penso que o problema é sempre o mesmo: a tragédia do capitalismo. Poderíamos desfrutar do metaverso pra aproximar, trocar experiências, tecnologias, apoios, organizar movimentos. Mas obviamente não será este o seu destino. Manipulação, consumo, esvaziamento e …cascas.

    Curtir

Deixe uma resposta para anaszapiro Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s