ERA PRA SER UM CONTO DE NATAL

jESUS

Mesmo reconhecendo a hipocrisia que toma conta das pessoas, numa data que se comemora o nascimento de quem concordaria comigo, sempre mantive um conto no natal para lembrar que o espírito dessa época devia ser estendido ao ano todo. Tentava renovar a esperança de fé na humanidade.

Este ano não repetirei o costume. Desculpem, mas pouca esperança me resta numa humanidade que arrebenta com os valores da solidariedade para cultivar o deus Mercado. Deus da individualidade suprema, da competição em que os irmãos passam por cima de irmãos para atingir a glória em nome de uma meritocracia desenfreada, em que muitos já perdem na largada – por ser essa desigual.

Há quem defenda já não haver mais direita e esquerda na política que nos conduz. Para efeito de entendimento, concordamos com Pepe Mujica que a esquerda prega a solidariedade e a direita o individualismo. Pensávamos que o século XXI nos trouxesse uma tranquilidade duradoura, por termos vivido o século passado em conflitos.

Impressionante. Nem ainda mergulhamos no século XXI, os valores do individualismo, dos adoradores do deus Mercado, se impuseram no mundo todo com uma força capaz de nos levar a um passado que pensávamos ter deixado para trás. E na velocidade que a desenvolvimento tecnológico permite. A direita passou a dominar o planeta, onde ser de esquerda parece completamente anacrônico. Na Europa a falta de solidariedade a migrantes que fogem de uma guerra que não é deles, quase sempre feita pelos países que eles procuram, é muito cruel – fazendo do Mediterrâneo um cemitério aquático. A vitória de Trump levou a arrogância do país mais poderoso da terra a uma loucura nunca vista. Os chineses juntaram o pior do socialismo com o pior do capitalismo para uma exploração sem paradeiro na história do mundo moderno. A Europa vive revoltas por causas incapazes de unificar os explorados. Partidos da direita, simpatizantes do pior do fascismo, vêm crescendo assustadoramente.

Entre nós, vivemos um pesadelo. O fascismo tupiniquim, subordinado ao imperialismo americano, juntou a estupidez a uma esquerdofobia patológica. Ainda assim aliado ao neoliberalismo que só se importa na geração de mais lucro, nem que pra tanto seja necessário a morte dos trabalhadores. Esse monstrengo político é salvaguardado pelas forças armadas despidas de ideais nacionais e por um judiciário partidarizado que tenta viabilizar o desejo do dono.  Golpe pra quê? Um arremedo de fingimento democrático foi posta à disposição do governo escolhido pela maioria dos brasileiros. Que dure enquanto servir ao deus Mercado.

Feliz Natal e próspero ano novo são palavras vazias nesse fim de ano. O Natal foi roubado do menino Jesus para servir ao deus Mercado. Para isso foi construído um arcabouço ideológico que juntou a fé de certos evangélicos, a ignorância ostentação, a negação da ciência e uma esquerdofobia dirigida a qualquer processo civilizatório, tipo direitos humanos, tolerância a gênero, filosofia e humanismo, entre outros avanços possíveis. O atraso é pregado abertamente. Mataram Jesus para colocar no seu lugar o deus cruel e impiedoso do velho testamento sem as metáforas necessárias à teologia. Pregam a eliminação literal dos vermelhos e certamente aplaudirão a clandestinidade dos partidos de esquerda.

Estamos entre pessoas hostis. Não há espírito de natal que sufoque o pesadelo em que vivemos. E não haverá um ano esperançoso. Desculpem a minha desesperança.

Daqui a pouco chega papai-noel. Pelo menos meus netos assim esperam. E eu espero que ele ainda se vista de vermelho e faça um ho-ho-ho para a alegria das crianças que ainda não sabem em que mundo estão.

___________________

desenho: 1000TON sobre foto do menino morto na praia de Ali Hoca, Turquia

2 comentários em “ERA PRA SER UM CONTO DE NATAL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s