AS AUTORIDADES ESTÃO PERDENDO A CHAVE DA BUNDA

Henfil

Uma grande amiga vaticina que o sujeito perdeu a chave da bunda, sempre que alguém faz alguma ação descontrolada e tresloucada – a que popularmente chamamos de cagada. Acho um diagnóstico perfeito. Pois bem, nessa fase de frágil democracia – onde o irregular impedimento da presidente proporcionou instabilidades institucionais – não é que nossas autoridades estão perdendo a chave da bunda?

Explico melhor, desde aquele ponto de inflexão fatídico – um impeachment sem substrato jurídico – assistimos uma arrumação ilegal das instituições para sustentar o que já não se pode mais negar que foi um golpe jurídico parlamentar. Para que possam deixar as eleições voltarem, acham necessário matar o partido de esquerda que foi apeado do poder (mesmo com seu maior erro que foi fazer uma aliança com os golpistas – o que deixou seus eleitores desnorteados) e, politicamente, matar Lula, sua maior liderança que, apesar de toda perseguição, lidera as pesquisas de intenção de voto com folga.

Não foi por acaso que o dia de hoje – onde Lula iria prestar um simples depoimento num inquérito investigativo – o juiz se coloca no lugar de adversário e as revistas semanais prevêem um embate no ringue dos dois adversários. Só isso não seria suficiente para o juiz se colocar impedido em nome da justiça? Qual nada, além de assumir o papel de justiceiro que vai esmagar o malfeitor, pelas redes sociais acalmou a sua torcida para que não aceitasse provocação dos movimentos sociais e militantes de esquerda, que invadiram Curitiba para defenderem a sua liderança. O juiz se coloca à direita e aceita o embate. Não perdeu a chave da bunda? Ainda por cima, revelando que é um contendor com superpoderes, rasga a legislação e proíbe os advogados de defesa gravar uma seção que é pública e podia ser transmitida pelas tvs – se houvesse interesse da mídia que toma partido – pela relevância do que acontecerá nesse embate absurdo.

Uma juizinha de Curitiba, useira e vezeira das redes sociais para atacar o PT e ao Lula, proíbe que os manifestantes se reúnam na capital. Perdeu de vez a chave da bunda.

Enquanto isso, em Brasília, um juiz federal substituto decreta o fechamento do Instituto Lula “por indícios veementes de reuniões criminosas”. Esse tirou a toga para fazer cagadas que não tem qualquer correspondência no código penal.

Enquanto as atenções estão em Curitiba, o Parlamento passa o rodo aprovando as contrarreformas da previdência e trabalhista, com a oposição fazendo o papel de apenas fornecer o álibi para o teatro de uma pseudolegalidade.

Tá difícil.

No Rio de Janeiro o prefeito, que tomou posse em janeiro e não disse para o que veio, deixou a política de segurança acabar. Os confrontos de rua, que já chegam ao asfalto, mostram uma polícia desnorteada e deixam a cidade em pavorosa. Enquanto um soldado do Batalhão de Copacabana desce a bandeira do Estado e hasteia uma camisa do Flamengo, que se sagrou campeão. Procuram-se as chaves das bundas de autoridades nessa cidade.

E um vídeo na internet mostra um pelotão do exército brasileiro desfilando com a bandinha tocando o hino do Flamengo, ao invés dos tradicionais hinos pátrios. Melhor assim.

O que preocupa é que essa epidemia de bundas sem chaves ameaça a nossa frágil democracia.

Deve ser a repetição de 64 como queria o barbudo: uma farsa ridícula e burlesca!

_______________________

A charge do Henfil foi redescoberta por Rafael Coelho, de Belo Horizonte, com o seguinte comentário no Facebook: “Ah, história danada! Você que vai e vem, vai e vem…
E o sr. Henrique Filho já anunciava ontem o que se repete hoje.
Ah, história danada”!

Um comentário em “AS AUTORIDADES ESTÃO PERDENDO A CHAVE DA BUNDA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s